NO AR
Minuano
ao vivo
NAVEGUE
NOTÍCIAS: Desde 2011, Estado tem perda de R$ 27 milhões com remédios vencidos




Em um ano, RS reduziu o descarte de medicamentos sem condições de uso em 40%, mas uma média de 423 quilos ainda vai para o lixo por mês

Publicada em 14/11/2016

Com um papel em mãos, uma mulher se aproxima de um guichê localizado junto à porta de entrada da Farmácia de Medicamentos Especiais do Estado, no centro de Porto Alegre. A atendente olha para o documento e faz um sinal negativo com a cabeça.


— Essa medicação está em falta, senhora.

 
A cena se repete quase que diariamente. Enquanto isso, a seis quilômetros dali, no Almoxarifado Central, centenas de quilos de remédios são descartados todos os meses, por não terem sido distribuídos a tempo pela Secretaria da Saúde do Estado. 


Nos últimos cinco anos, 50 mil quilos de medicamentos comprados ou sob tutela do Estado foram parar no lixo, com prazo de validade vencido, um prejuízo aos cofres públicos de R$ 26,7 milhões, em valores corrigidos pela inflação. .Com essa verba, seria possível bancar dois anos de merenda escolar ou dois meses de manutenção de rodovias gerenciadas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).


Fonte: Zero Hora(On line)

 

 

<< Retornar para Notícias

PEDIDOS MUSICAIS
Nome:
E-mail:
Cidade:
Estado:
Recado:
REDES SOCIAIS
   
ENQUETE
Quantas horas por dia, na média, você dedica ao uso da internet?
 
 
 
 
 
 
INÍCIO | A RÁDIO | PROGRAMAÇÃO | EQUIPE | AGENDA | NOTÍCIAS | FOTOS | VÍDEOS | PROMOÇÕES | MURAL DE RECADOS | CONTATO

2017 © Todos os direitos reservados. É proibido a cópia total ou parcial deste site.